click here to see White Garden images

For this exhibition I developed a series of installations based on modular systems and wall assemblages.

In the installations I incorporated the clinical and the architectural in a modernist structure which projects familiar atmospheres in a dysfunctional way: trunking1 becomes a support unit for growth, the advertizing coloured lights of a petrol station shade the environment of an arbor and umbrellas sketch shapes which suggest the molecular, atomical and even sci-fi objects.

On the wall assemblages the screen is the focal object and even though it is still used as a medium to deliver images that is done using the most primitive resources. These images are iconic and clear references to the disruption of a system as it is expected by the western Society: the catastrophe. Virilio’s take on the television as a synchronizer of emotions is extended to the computer and in both of these old fashioned icons on the 20th century we face an ironical clash of a system… as if Gödel asked if the group of all groups which do not contain themselves contains itself or not… the paradox implies the breakdown of everything from its intelligible foundations.

This catastrophe is expected not as consequence of an external event but mostly as the breakthrough and the conclusion of all discussions on post–modernism. The mere survival of a system which still supports human life becomes the centre of all worries and as a consequence the ethics and aesthetics merge in the uprising of a pragmatic rationalism. Pragmatic meaning that this rationalism is not concerned with concepts, ideas or beliefs but only with economics in its original sense: the science of managing scarce resources.

1 The term trunking is used in the United Kingdom for electrical wireways, usually made from PVC (for mounting on walls) or metal (for embedding into walls).

In modern communications, trunking is a concept by which a communications system can provide network access to many clients by sharing a set of lines or frequencies instead of providing them individually. This is analogous to the structure of a tree with one trunk and many branches. More recently port trunking has been applied in computer networking as well.

From Wikipedia about the network-design strategies and the UK term Trunking for electrical wireways or Electrical Conduit.

.

Portuguese:

click aqui para ver imagen de White Garden

Para esta exposição, desenvolvi uma série de instalações baseadas em sistemas modulares e assemblagens de parede.

Nas instalações incorporei o clínico e o arquitectónico numa estrutura modernista que projecta um ambiente familar de uma forma disfuncional: a calha técnica ou “trunking”1 torna-se uma unidade de suporte para o crescimento, as luzes coloridas que anunciam um posto de abastecimento de gasolina transformam-se num caramanchão que oferece um ambiente de luz vermelha e os guarda-chuvas esboçam formas que sugerem o molecular, o atómico e até objectos do mundo da ficção científica.

Nas assemblagens de parede o ecrã é o objecto central, sendo ainda um simbolo de tecnologia, a sua função  aqui  é distorcida servindo de suporte à divulgação de meios mais primitivos como a pintura ou o desenho. Estas imagens são íconicas e referências claras à ruptura de um sistema como é esperado pela sociedade ocidental: a catástrofe. A perspectiva de Virilio sobre a televisão como um sincronizador de emoções é estendida ao computador e nestes antigos ícones do século XX enfrentamos um colapso irônico do sistema … como se Gödel tivesse perguntado se o grupo de todos os grupos que não se contêm a si mesmos se contem a si próprio ou não… o paradoxo implica o desmantelar das fundações do inteligível.

Esta catástrofe é esperada não como consequência de um evento externo mas principalmente como uma revelação e o fim de de todas as discussões sobre o pós-modernismo. A mera sobrevivência de um sistema que ainda sustenta a vida humana torna-se o centro de todas as preocupações consequentemente a ética e a estética fundem-se no aparecimento de um racionalismo pragmático. Pragmático neste contexto significa que este racionalismo não se aplica a conceitos, idéias ou crenças, mas apenas à economia no sentido original do termo: a ciência da gestão de recursos escassos.

1 O termo “trunking” é usado no Reino Unido para condutas elétricas ou calhas técnicas, normalmente feitas de PVC (para montagem nas paredes) ou de metal (para embutir nas paredes).

Nas comunicações modernas, o “trunking” é um conceito pelo qual um sistema de comunicação pode fornecer acesso à rede a vários clientes através da partilha de um conjunto de linhas ou de frequências em vez de fornecer-los individualmente. Isso é análogo à estrutura de uma árvore com um tronco (“trunk”) e muitos ramos. Mais recentemente “port trunking” foi aplicado também a redes de computadores.


Fonte: Wikipédia entradas sobre estratégias de “network design” e sobre o termo “Trunking” do Reino Unido para condutas elétricas.

Advertisements